segunda-feira, 24 de abril de 2017

FÁBRICA DE VESPAS, Iain Banks

Frank nos conta a história da sua família. Ele mora com o pai e com o irmão, mas o último foi preso, mas já fugiu e está voltando pra casa, fazendo ligações de tempos em tempos perturbando o Frank.

O irmão foi preso por incendiar caixas de correios, cachorros, entre outras coisas. Frank descreve como é seu dia dia e pela naturalidade que ele conta as bizarrices que faz, como por exemplo travar uma batalha com um "coelho gigante" até matá-lo, percebemos que ele tem sérios problemas... psiquiátricos...

O pai do Frank é um tanto ausente, eles fazem algumas refeições juntos e nesses momentos o pai se mostra também um tanto diferente como por exemplo quando pede para que o Frank diga exatamente a medida das coisas à sua volta: altura da mesa, tamanho do pé, etc...

O Frank tem apenas um amigo, eles saem pra beber nos finais de semana e em algum ponto da história ele confessa que matou 3 pessoas. Aos poucos ele conta como foi cada morte. É difícil descrever a idade dele. O pai o trata como criança, ao mesmo tempo que dá liberdade também...

O pai nos surpreende no final do livro e a expectativa pra chegada do irmão é grande. Assim como "precisamos falar sobre o Kevin", não sei se vale a pena ler toooodo o livro só pra chegar no final...

E apesar de falarem que esse livro tem a ver com "Sr. das Moscas" e "Precisamos falar sobre o Kevin"... não achei assim taaaaanta coisa em comum. As coisas em comum são visuais, nada com relação ao conteúdo e sentido desses outros livros... eu li os dois antes de ler "fábrica de vespas" e achei desnecessário, apesar dessas duas leituras superarem a última.

No livro há tortura e crueldade com animais, eu não gosto muito desse tipo de coisa... e é bem descritivo. Pra quem não gosta, não recomendo... isso também agravou minha relação com o livro. Não achei nada surpreendente... apesar de ter muitos elementos que eu gosto isoladamente...

domingo, 16 de abril de 2017

NANA NENÉM, Newton Rocha

NANA NENÉM (Newton Rocha)
https://tionitroblog.wordpress.com/

Um conto de horror extendido como o próprio autor diz, tem download gratuito, li enquanto esperava uma pizza chegar em casa. É tudo o que promete: "A ideia por trás do conto foi a de usar o folclore brasileiro de uma maneira bem lovecraftiana!".

Amaya é uma paulista que se mudou pra cidade grande quando se casou e numa promessa de promoção pra seu marido acabou aceitando ir morar temporariamente no coração da floresta amazônica com seu filho Ichigo de 6 anos na madeireira japonesa Akusai, na reserva de Mamirauá no Amazonas.

Num dia de chuva, a madeireira está quieta, parada, algo está errado. Amaya tenta encontrar o filho, mas é surpreendida por um ?? gigante...

sábado, 8 de abril de 2017

BOOKHAUL + LIDOS - MARÇO 2017!

Compre nos links abaixo e ajude o canal com uma pequena comissão! (Vc não paga nada a mais por isso, só ajuda mesmo :D)

BOOKHAUL MARÇO 2017
- Baseado em fatos reais, Delphine de Vigan, intrínseca (compre aqui:http://amzn.to/2o48F7L)
- Como matar a borboleta azul, Monica Baumgarten de Bolle, intrínseca (compre aqui:http://amzn.to/2o3T5cl)
Edições Darkside, leve 4 pague 3 na amazon:
- A guerra que salvou minha vida, (compre aqui:http://amzn.to/2oJibLW)
- Casos de família, Illana Casoy (compre aqui:http://amzn.to/2o3Tr2F)
- coletânea Edgar Allan Poe (compre aqui:http://amzn.to/2oav2J8)
- Arquivos Twin Peaks (compre aqui:http://amzn.to/2oaKq8y)

LIDOS MARÇO 2017
- Na escuridão amanhã, Rogério Pereira, cosac naify (compre aqui: http://amzn.to/2nbOVQP)
- Os olhos do dragão, Stephen King (compre aqui:http://amzn.to/2oCIRBt)
- Nana neném (leia gratuitamente: http://bit.ly/2o6btBY)
- Eu sou a lenda, Richard Matherson (compre aqui: http://amzn.to/2nEQiDf)
- As brumas de Avalon, livro 1, Marion Zimmer Bradley 
- Baseado em fatos reais, Delphine de Vigan (compre aqui:http://amzn.to/2o48F7L)
- Misery, Stephen King, suma de letras (compre aqui: http://amzn.to/2oJ99OS)
- O circo mecânico, Genevieve Valentine (compre aqui: http://goo.gl/E8cQ1d)

Mais vendidos da amazon: http://amzn.to/2p1ADPt

Blog: http://liaolivro.blogspot.com.br/
Siga-me: http://instagram.com/liaolivro/
Twitter: @mayumilia
email: liamayumii@gmail.com
caixa postal 81693-cep:04378-971-São Paulo/SP

quarta-feira, 5 de abril de 2017

BOOKTUBE {TAG}

§ Quem me marcou: https://youtu.be/Eh33H2SL660
§ Quem criou: https://youtu.be/Dhdlh9Sn01s

§ Projeto lendo os miseráveis (2016): https://www.facebook.com/groups/lendosmiseraveis/?fref=ts

§ Vídeo antigo do canal: https://youtu.be/IYzkjsXrB-Q

Booktube {tag)
1- O que é que o booktube te trouxe de bom?
2- Quais as tuas iniciativas preferidas no booktube?
3- O que gostas mais num canal?
4- O que não gostas num canal?
5- Qual o vídeo antigo que querias que os teus subscritores voltassem a ver?
6- O que achas que está em falta no booktube?

Blog: http://liaolivro.blogspot.com.br/
instagram: @liaolivro
Twitter: @mayumilia
email: liamayumii@gmail.com
caixa postal 81693-cep: 04378-971-São Paulo/SP

sábado, 1 de abril de 2017

SENHOR DAS MOSCAS, WILLIAM GOLDING

Antes de falar do livro em si, é necessário falar um pouco sobre o autor William Golding. Ele foi um oficial da marinha britânica e participou de alguns eventos como "o dia D", em que aliados invadiram a Normandia que era de ocupação alemã.

Felizmente há muito material gravado do próprio autor falando sobre esta obra, ele até explica porque foi um grupo de meninos e não de meninas ou de meninos e meninas (links abaixo). Ele lia livros de sua infância para os filhos- com algumas alterações às vezes- e um dos livros era "the coral island" do autor Robert Michael Ballantyne, que conta aventuras de um grupo de estudantes ingleses que transformaram a ilha numa "mini Inglaterra". Conversando com a esposa ele pensou em como seria escrever um livro sobre meninos numa ilha mostrando como eles realmente se comportariam.Somado a isso, há um depoimento do próprio autor falando: "Se quiser saber de onde vem a tragédia desse livro, só posso dizer que é da pior época da minha vida que foi após guerra quando descobrimos o que os nazistas haviam feito e fatos terríveis se revelavam, um após o outro. Então, meu mundo liberal ruiu. Assim é "O senhor das moscas".

Agora sim vamos ao livro... "Senhor das moscas" pode ser traduzido como "Belzebu" - que é um dos nomes do demônio. Por aí já esperamos que seja um livro não muito alegre. Meninos de 6-12 anos sofrem um acidente de avião e vão parar numa ilha deserta e são obrigados a se virarem até que o resgate apareça. No começo há uma tentativa de "ordem", Ralph escolhido como líder tendo Piggy do seu lado como conselheiro inteligente, Jack virando o líder dos caçadores (que são os meninos do coral ao qual Jack também fazia parte), os pequenos seguindo um e outro de acordo com o que lhes interessava.

Resumindo muito, Ralph quer manter a ordem e fazer a fogueira pra ser resgatado e Jack quer caçar pra manter o grupo alimentado (suprir necessidades imediatas usando violência). É difícil falar em razão quando as pessoas passam fome. Ralph e Jack ficam numa disputa acirrada que logo vai acabando quando Jack mata o primeiro porco. Não é só um ponto pra Jack porque ele conseguiu comida, mas um ponto também para a selvageria. As pessoas arrumam representações pra todos os personagens, como democracia, fascismo, ciência, etc... Eu gostaria de falar sobre como Golding pensava nas crianças.

Ele era professor, ele via nas crianças a maldade. Ele dizia que se não houvesse um adulto/responsável por perto elas não saberiam tomar as decisões certas. E isso fica bem claro no final. 

Depois da guerra o seu mundo realmente ruiu. Ele dizia que ninguém tinha ganho a guerra, mas sim que a tinha TERMINADO.

Golding escreveu o livro em apenas 6 semanas. Porém ele foi rejeitado mais de 20 vezes até alguém querer publicá-lo, o tema era chocante... tanto que só começou a ser estudado no começo dos anos 60... se tornando até leitura obrigatória em algumas escolas.

(spoilers começarão a partir daqui)

E é notória a falta de esperança do autor, no momento em que Simon finalmente descobre o que é aquele "monstro" que tanto ronda os pesadelos dos pequenos e quer compartilhar o "alívio" com todos, ele é morto. Mesmo Piggy que é o inteligente e racional acaba dando "desculpas esfarrapadas" pelo acontecido. Ninguém quer assumir a responsabilidade de algo tão pesado.

Mesmo Ralph que ser o "mocinho" do livro não é tão "inocente", na primeira oportunidade ele revela o primeiro e único segredo que o amigo lhe pede pra guardar, que seu apelido é Piggy.

O avião passa num momento em que Jack volta com o primeiro porco abatido, quando a primeira "barreira" da barbárie é quebrada. Por causa de um impulso (a caça, o instinto animal de conseguir comida) eles foram "penalizados", pois se tivesse ficado alguém pra manter o fogo aceso eles teriam sido resgatados bem antes de tudo ter acontecido.

Ouvi dizer que em "ritos de passagem", livro publicado em 1980, o autor retoma a metáfora da ilha, só que em um navio... mas isso fica pra outro dia...

sexta-feira, 24 de março de 2017

DE A A Z {BOOKTAG}

Onde assisti: https://youtu.be/wv5wrKf3Nfk
Adaptação: https://youtu.be/trkWQo--ses

Original: http://www.perpetualpageturner.com/2013/08/some-friday-fun.html


TAG: DE A A Z
Autor preferido
Bebida preferida durante a leitura
Citação literária preferida 
Detestaste ler 
Estás a ler
Feliz por teres dado uma oportunidade
Género literário que não lês
Hardcover ou paperback? 
Internet ou livrarias físicas? 
Julgas um livro pela capa?
Kobo ou kindle? 
Livro mais longo que já leste
Momento mais importante na tua vida literária
Número de estantes que possuis
Obsessão literária
Personagem que provavelmente terias namorado na escola 
Quantos livros tens por ler? 
Ressacas literárias. Quando foi a tua última?
Série que começaste e precisas de acaba
Três dos teus livros preferidos de sempre
Último livro que leste
Voltarás a ler
Wishlist literária. Qual o último livro que adicionaste à tua wishlist? 
X marca o lugar. Qual o 24º livro da tua estante? 
Ya ou livros adultos? 
Zzzz...Qual o último livro que te manteve acordada até tarde? 

Blog: http://liaolivro.blogspot.com.br/
instagram: @liaolivro
Twitter: @mayumilia
email: liamayumii@gmail.com
caixa postal 81693-cep: 04378-971-São Paulo/SP